Não é pecado inserir exemplos em contratos. Muitas vezes temos que escrever cláusulas que tratam de questões financeiras. E nem sempre conseguimos descrever as soluções ajustadas pelas partes de forma matemática. Para evitar dúvidas na interpretação destas cláusulas, a melhor estratégia é incluir exemplos de cálculos em um anexo do contrato. Ainda mais aconselhável é desenvolver mais de um cálculo, com diferentes cenários de aplicação (todos hipotéticos). Esta estratégia facilita muito a interpretação do contrato. E desmistifica a fama de nós, advogados, sermos naturalmente ruins de matemática…

Capriche no glossário

Em contratos empresariais mais longos, um bom glossário é essencial. Nele atribuímos significados específicos para...

abr 16, 2021|

Como numerar anexos

Anexos são comuns em contratos empresariais. Aliás, em contratos mais sofisticados (como um contrato de compra e...

abr 9, 2021|

Open chat