A numeração de cláusulas contratuais deve ser feita da mesma forma como os artigos de leis são numerados: de forma ordinal até o artigo 9° e de forma cardinal a partir do artigo 10. Na Constituição Federal, por exemplo, o art. 5° (ordinal) lista os direitos e deveres individuais e coletivos, enquanto o art. 170 (cardinal) relacional os princípios gerais da atividade econômica. O mesmo deve ser aplicado aos contratos. Depois da cláusula nona, vem a cláusula dez.

Capriche no glossário

Em contratos empresariais mais longos, um bom glossário é essencial. Nele atribuímos significados específicos para...

abr 16, 2021|

Como numerar anexos

Anexos são comuns em contratos empresariais. Aliás, em contratos mais sofisticados (como um contrato de compra e...

abr 9, 2021|

Open chat